quinta-feira, 9 de junho de 2011

Emprego

Olá novamente!!

Como prometi em um dos posts anteriores falaria dos meus trabalhos aqui na Irlanda. Antes de mais nada comentei como encontrar um emprego na Irlanda assim como fui entrevistado pela Tarsila do Vida na Irlanda. Já fiz vários trabalhos e no início tudo é mais difícil, com o tempo é que aprendemos o que é furada, o que é sério, etc. O melhor de tudo é a experiência e amadurecimento que tudo isso trás para a gente.

Primeiro emprego
Minha primeira oportunidade foi para promoter (vendedor de porta em porta), algo muito comum aqui na Irlanda. Vende-se de tudo aqui, serviço de entrega de leite, de jornal, televisão a cabo, alarme e até energia elétrica e gás. No meu caso era para vender alarmes e depois Sky (a TV a cabo), mas não poderia estudar e não tinha salário, só comissão. O mais engraçado é que no dia que fui meu inglês andava tão arranhado que era para começar a trabalhar e eu não tinha entendido nada.

Segundo emprego
O segundo emprego foi uma decepção, eu fiz uma entrevista em Dundrum (sul de Dublin) e passei, parecia ser tudo ótimo. A vaga era para promoter, mas haveria um salário fixo e mais um adicional. No dia seguinte fomos chamados para começar (uma irlandesa, um polonês e eu) e saímos a noite, com chuva e muito vento para fazer um "treinamento" no extremo sul de Dublin (Rathcoole). Enfim, não deu certo, óbvio. Nos outros dois dias eu ainda fui chamado, comprei meu passe de ônibus e Luas e para minha decepção ele disse haviam mudado de ideia e não iam mais contratar e nem fui pago. A procura continua.

Terceiro emprego
Um é pouco, dois é bom e três é demais. Meu terceiro emprego veio depois de 5 meses, e só consegui porque fazia trabalho voluntário. A vaga era para accommodation assistant/ housekeeping. Os funcionários   nessa função são responsáveis pela manutenção e limpeza do local, no meu caso, os quartos do hotel. Infelizmente o trabalho era "desumano" por assim dizer, contratavam na maioria estrangeiros e nos davam 16 quartos. O trabalho é pesado, mas pior do que isso era a falta de organização da empresa. Impossível cumprir os prazos deles e após um tempo eu acabei passando mal e saí de lá, foi o melhor para mim. Ainda tenho amigos lá, o que eles não entendem é que os brasileiros, em sua maioria são estudantes e não vem para cá para viver e que precisam de todo e qualquer tipo de trabalho como os poloneses que às vezes possuem família e dependem daquele emprego e tem que aguentar o que eles pedem.

Housekeeping, uma das profissões mais comuns entre os estudantes. source

O atual
O melhor de todos! Fiz uma open interview (farei um post depois sobre essa modalidade de entrevistas) em novembro e não fui chamado até abril. Me passaram os detalhes da vaga, perguntaram se estava interessado e como havia saído do outro, eu topei. A vaga era para a mesma função, mas lá é tudo muito mais organizado, moderno e bem localizado, fica relativamente perto de casa. Estou lá até hoje e eu acho bem legal a forma como fui em recebido e como eles se preocupam com os funcionários, inclusive com pesquisas de satisfação. Eles sabem que o trabalho não é fácil e sempre há um feedback da gerência e dos supervisores que procuram fazer o ambiente mais agradável. Melhor ainda foi o dia em que um irlandês perguntou se eu tinha experiência em hotel e eu disse que sim, mas que lá foi bem ruim. Ele disse que foi ótimo eu ter saído de lá e hoje estar com eles.

Em todos os casos tive oportunidade de fazer amigos de vários cantos do mundo além da experiência que sempre vale a pena, por pior que tenha sido, algo de positivo foi tirado dali. Prestem atenção nas empresas que estão fazendo entrevistas, se a vaga não é 'boa' demais e vejam com outros brasileiros, normalmente eles conhecem. Apenas não confundam com desorganização, as vezes as coisas aqui são feitas de qualquer maneira, nem sempre há um departamento de RH (normalmente não há) e assim as coisas vão acontecendo.

Os empregos aqui na Irlanda para estudantes são em geral subempregos, a prática de inglês pode ser escassa ou nula.É importante encontrar outras formas para praticá-lo e não perder seu objetivo, que é estudar, certo?  Dificilmente haverá oportunidade de crescimento e por essas e outras que deve-se analisar o que você veio buscar aqui para não cair na rotina trabalho x casa e não cumprir seus objetivos e isso é algo fácil de acontecer.

Além das vagas que trabalhei há outros trabalhos aqui na Irlanda muito comuns entre os estudantes, sugiro que leiam o post "A Vida do Brasileiro na Irlanda - Sub Empregos" do blog Irlanda na Real.

Espero que tenham gostado do post, até a próxima!

6 comentários:

Kelly disse...

Queridooo fico feliz com esse novo emprego, da ultima vez que nos falamos vc estava tão decepcionado...lembra do que eu ti disse uma vez Coisas Boas acontecem para Pessoas Boas, vc ainda vai conquistar muitas coisas, não perca a esperança nunca viu... Logo nos encontraremos por aí né.... vai ser bom ver um rosto familiar, mesmo indo pra Galway ao invés de Dublin... Beijooos Fica cm Deus

Sávio disse...

Olá Kelly,

Obrigado pelo comentário :) Espero você na Irlanda.

Abraços

Sávio

Marília disse...

muito bom um emprego que a gente gosta! Parabéns

Sávio disse...

Olá Marília,

Obrigado pelo comentário! Verdade e postarei sempre as novidades.

Até breve

Sávio

isabelsantana2011@hotmail.com disse...

Tudo de bom para você,muito bom o seu blog.
Deixo o blog Belas Artes Médicas.
Abraço.

Sávio disse...

Olá Isabel!

Obrigado pelo comentário, parabéns pelo blog!

Abraços

Sávio