sábado, 4 de junho de 2011

Eu fui! Irlanda: Bray

Olá!!!

Os últimos três dias, depois de trabalhar oito sem folga, me deram um fôlego, suficiente para aproveitar bem os rarissímos dias de sol que fizeram. Aproveitei para passar um tempo com os amigos no parque até às oito da noite e ontem até deu para ir na praia, e o post de hoje é sobre uma das praias mais agradáveis e bem próximas de Dublin, Bray.

Bray fica ao sul de Dublin e o acesso é bem fácil, basta pegar o Dart no centro da cidade (estações Connolly, Tara Street ou Pearse Street) com destino a Bray ou Greystones, a tarifa de ida e volta custa apenas €4.90 e a estação fica a apenas uma quadra da praia. Ao entrar no trem tente sentar do lado esquerdo, quem estiver na janelinha verá o Aviva Stadium, Dublin Bay com Howth ao fundo (a montanha no horizonte) e já perto de Bray uma bela vista do Mar da Irlanda.

Vamos às fotos que é a melhor parte!
Vista de Bray (montanhas ao fundo) a partir do Dart, detalhe para as águas azuis e transparentes do Mar da Irlanda.
As pessoas estavam aproveitando bem a tarde ensolarada na praia, pouco antes de Bray.
Cheguei na praia com meus flatmates por volta das 3 da tarde, o que é garantia de muita praia ainda já que o dia está bem claro até por volta das dez e meia da noite. E a praia estava lotada!
Encontramos nosso lugar ao sol nas pedras, há praias com areia aqui mas várias delas são pedras mesmo.
Nada mal, pelo menos ninguém sai cheio de areia.
Vista de Bray, um belo dia de sol e sem vento. De acordo com o jornal Irish Examiner ontem (03/06/2011) foi o dia em que
os recordes das altas temperaturas do ano foram quebradas, ou seja, foi o dia mais quente do ano chegando perto dos 25 graus em Newbridge, Co. Kildare e em Dublin chegou a passar dos 20 graus. 
Famílias inteiras estavam na praia aproveitando o dia de sol.
Ninguém é de ferro e eu parei para provar o fish and chips (peixe e batata frita), prato típico inglês/ irlandês.
Estava muito bom, mas faltava sal, algo comum aqui. Já pimenta está em quase todos os pratos.
Fica o detalhe das havaianas, pela primeira desde setembro deu para sair de casa e passar o dia inteiro de chinelo, bermuda e camiseta (rs)
Às 7 da noite (isso mesmo!) ainda havia gente chegando na praia, mas para mim e meus flatmates
era hora de pegar o Dart e voltar para casa.
Ontem foi um ótimo dia, houveram outros dias de sol mas não com temperaturas agradáveis para ir à praia. Eu não sou nenhum fã de sol e calor, mas gosto de praia e ontem foi um dia em que a Irlanda estava diferente, as pessoas estavam na rua, felizes, sorrindo, correndo para a praia. Impressionante como algo tão corriqueiro (e que chega a incomodar, pelo menos eu detesto esse sol e calor do Brasil) paa nós pode fazer tanta diferença. Até mesmo para nós brasileiros que já estamos aqui faz algum tempo.

Espero que tenham gostado, até a próxima!

2 comentários:

Cassio Silva disse...

Oh, Sav... what a greatly wonderful place! Thank you for sharing with us all of your lovely moments abroad!

Evandro Teixeira disse...

Parabéns pelo blog... um conjunto de informações excelente... vou acompanhar sempre