quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Irlanda: Eu voltei

Olá!!!!

Como começar um post (bom, já comecei) dizendo que voltei para a Irlanda quando havia retornado e estava feliz no Brasil em menos de um ano?

Loucura, mas para encurtar a história apenas alguns fatos são necessários aqui. Primeiro meu mestrado é um plano antigo, segundo, quando retornei ao Brasil havia comprado bilhete ida e volta já que é mais barato. No Brasil, onde fiquei apenas 9 meses, estava dando aulas de inglês em uma escola e para os funcionários de merchandising da Rede Globo em São Paulo. Fui para a Argentina, Chile, Rio, Natal, Florianópolis (duas vezes), muitas viagens e eis que como tinha passagem de volta para a Irlanda resolvi fazer um mochilão, dessa vez: São Paulo, Nova York, Boston, Dublin, Portugal, Madrid, Marrocos, Dublin, Chicago, Atlanta e, por fim, São Paulo, seriam dois meses batendo perna. Cheguei a ser aceito e conseguir bolsa de mestrado em uma universidade em Madrid, mas por causa de um documento que a UNINOVE não quis emitir, perdi a oportunidade. Não era pra ser, algo melhor veio em seguida...

Minha chegada (ou retorno) à ilha...

Cheguei na Irlanda mas a vontade não era de ficar, saudades sim mas dos amigos. Vi muita gente, tudo muito bacana mas a vontade de bater pernas mundo afora era mais forte do que qualquer vontade de ficar. Eis que um dia, entro na IBAT College e pergunto dos cursos superiores que eles tem, e o MBA me chamou muito a atenção, especialmente pelo fato de ser acreditada (muito estranha essa palavras, mas existe!) pela University of Wales, Trinity Saint David (UWTSD). Paguei já saindo para meu voo para Portugal e foi assim que no Marrocos uma amiga levou a carta da universidade para entrar na Irlanda (novamente) como estudante. Aliás, a entrada como turista foi a coisa mais incrível da vida, ele sequer olhou minha cara, disse "good man" e deixou eu entrar. A entrada como estudante veio com bastantes perguntas as quais respondi prontamente e tudo deu certo.

Resultado! Estou A-MAN-DO meu curso. Muito bom, um verdadeiro desafio, como vocês sabem minha área é humanas, línguas, literatura e culturas inglesa. Tenho lido muita coisa, absurdamente muita coisa, mas é assim mesmo um MBA full-time. Já consegui também emprego em um hotel 5 estrelas facilmente pois fiz muitos contatos com gerentes quando morei aqui e mantive contato mesmo no Brasil, afinal eram pessoas com as quais eu contava.

Ainda não viajei (e não terei tempo de ir tão cedo), não saí a noite, não fiz nada pois o curso consome muito do meu tempo, porém nas férias terei tempo para curtir novamente a ilha, os amigos, o clima, a vida aqui. 

Por ora, curto meu MBA, meu blog, meus leitores e novos posts virão com os desafios atuais, preços, as mudanças na economia, como é hoje para os novos estudantes.

Sendo assim, fico por aqui. Até breve!

8 comentários:

Bárbara Hernandes disse...

Nossa, que legal! Eu lia seu blog muito tempo antes de vir pra Irlanda (já estou aqui há 1 ano e meio) e lembro de você voltando pro Brasil super satisfeito e feliz...

Eu penso em fazer mestrado no futuro - posso fazer umas perguntas? Quanto você pagou? Teve que apresentar os 3 mil novamente? Full-time significa aula todo dia? Aula o dia todo? Como funciona?

Obrigada!

Sávio disse...

Oi Bárbara!

Obrigado por acompanhar meu blog!!! Fico muito feliz e espero que você esteja gostando da Irlanda :)

Pois é, se quando cheguei aqui eu não queria ir embora, hoje eu quero ir embora haha A gente muda muito e nossa percepção também. Mas o mestrado tem sido meu foco e realmente qualquer sacrifício vale a pena.

Respondendo suas perguntas, paguei €7 mil e é o valor médio, chegando a até €12 mil nas universidades particulares ou €30 mil na Trinity, onde meu amigo faz e pagou esse valor, ou UCD. Não apresentei mas o agente de imigração pediu, eu disse a ele que não precisava, ele insistiu, eu insisti também e não mostrei, mas disse que tinha fundos no Brasil (e que é um direito poder trabalhar 20h/ semana), aí ele liberou.
Eu tenho aula quinta a tarde e sexta o dia inteiro. Na Griffith e na Trinity é de segunda a sexta o dia inteiro, não dá pra trabalhar. Você tem que analisar cada curso e ver o que é melhor para você.

Espero que tenha ajudado.

Abraços,

Sávio

Bárbara Hernandes disse...

Oi, Sávio, obrigada por ter me respondido!

ps.: cara, 30 mil num mestrado????!!!!

Sávio disse...

Por nada! :)

PS. Sim, essa é a média nas universidades "mais reconhecidas". É não esqueça que você fica impossibilitado de trabalhar por um ano.

Phillipe disse...

Olá Sávio já venho acompanhando
seu blog a algum tempo , inclusive acho ele e super completo atualmente curso Relações Públicas no Brasil mais estou louco para terminar e ir estudar inglês na Irlanda,Parabéns pela iniciativa queria saber algumas dúvidas que tenho
quanto a emprego na Irlanda vi que você hoje trabalha em um hotel e gostaria de saber qual é a exigência e qual as dicas que você me daria para conseguir um emprego em hotel assim que chegar ai seja de cleaner,ou conzinha , bares e quanto está chegando a pagar em hotéis e quantos horas de trabalho ?

Sávio disse...

Oi Phillipe,

Tudo bem? Seja bem-vindo, espero vê-lo em breve por aqui. Farei um post sobre minha contratação, mas as exigências, na época do meu primeiro emprego foram duas referências de emprego na Irlanda (na área de preferência) e experiência.

Isso, porém, depende de cada empresa. Sugiro que você passe a ver os classificados no Jobs.ie e/ ou faça contatos com quem já está trabalhando. QI é tudo aqui nessa terra! As horas dependem da empresa, sempre trabalhei em empresas extremamente rígidas por causa do visto, então são 20h/sem. Mas há quem dê inúmeras horas, vai depender. Vale lembrar que é bom andar na linha e cumprir com as leis do país. Afinal, por causa de uns, todos pagam e o governo está tomando medidas rígidas contra falhas no sistema de imigração.

Qualquer dúvida, me avise, ok!

Abraços

Sávio

Renata Ferreira disse...

Olá Sávio, tudo bom? Gostei muito do seu blog e suas informações, e gostaria de pedir sua ajuda, pois dia 19 de Julho até 19 de Agosto estarei indo fazer intercambio para Dublin com minha irma e prima. Gostaria de saber se nos finais de Semana a gente consegue conhecer um pouco de Londres e Paris e se as passagens dentro da Europa compro por aqui (Brasil) antes de ir?

Obrigada!!!

Sávio disse...

Oi Renata,

Sim, dá para conhecer essas cidades em fins de semana. Você pode ir na Escócia também e viajar pela Irlanda. Assim como da para ir até a Holanda. São países bem próximos. Vale muito a pena pesquisar e se programar desde já e garantir as promoções de verão que já estão pipocando. Fique de olho na Aer Lingus e na Ryanair.

Espero que você goste da ilha!

Abraços

Sávio